Todos os Direitos Reservados www.amigosdecambara.com.br 2014

  Acidente com caminhão  provocado por retorno proibido deixa 3 mortos em Castro


Duas mulheres e uma menina de 11 anos morreram num acidente envolvendo um caminhão e dois carros no quilômetro 280 da PR-151, próximo à Unidade de Beneficiamento de Leite (UBL) da cooperativa Castrolanda, em Castro, na região dos Campos Gerais do Paraná.
A colisão ocorreu após o motorista do caminhão, um rapaz de 29 anos, tentar fazer um retorno em local proibido no sentido Castro a Piraí do Sul, por volta das 23 horas de segunda-feira (20). Como a manobra não deu certo, o veículo de carga, com placas de Cambará (PR) ficou atravessado na pista. Dois carros, que vinham logo atrás, não conseguiram parar a tempo. Apenas 500 metros a frente, há outro retorno onde a manobra poderia ter sido feita corretamente pelo caminhoneiro.
Segundo informações do posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) em Piraí do Sul, que atendeu a ocorrência, os dois veículos atingiram diretamente as rodas traseiras do caminhão. Maria Roseli de Oliveira, 52 anos, e Samira Kaline Bueno, 11 anos morreram no local. Ambas eram passageiras em um Chevrolet Corsa, com placas de Curitiba.
Outra passageira do mesmo carro, Joyce Leidiane Bueno, 18 anos, morreu algumas horas depois no hospital para onde foi levada, em Ponta Grossa. O condutor do veículo, de 56 anos, e mais uma passageira de 16 – ambos com ferimentos graves – foram encaminhados para um hospital de Ponta Grossa.
Os três ocupantes do outro carro, um Volkswagen Gol com placas de Santana do Itararé (PR), tiveram ferimentos considerados leves e foram encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Castro.
O motorista do caminhão foi preso em flagrante por homicídio culposo e lesão corporal e segue detido nas dependências da 43ª Delegacia Regional de Polícia, em Castro, e está à disposição da Justiça.
De acordo com o delegado da Polícia Civil de Castro, Mário Sérgio “Bradock” Zacheski, ele pode ser liberado mediante uma fiança de R$ 50 mil. Ainda segundo o delegado, nenhum dos três motoristas estava embriagado no momento do acidente.


Fonte: Gazeta do povo – G1  23/01/2014