Todos os Direitos Reservados www.amigosdecambara.com.br 2014

Altas temperaturas refletem nos preços de frutas, verduras e hortaliças


Na feira livre de Jacarezinho, alface teve aumento de até 200%

Comprar hortaliças, legumes e até frutas na feira livre e até nos mercados de Jacarezinho, está mais caro. A escassez de chuvas e as altas temperaturas do verão são as principais justificativas dos feirantes e comerciantes para o aumento do preço. Os consumidores percebem, no bolso, a elevação dos preços, mas apesar da qualidade da folhagem, que não está boa, não deixam de ir às compras.
Na feira livre de Jacarezinho, por exemplo, um pé de alface que até inicio de dezembro custava em média R$ 1,00, atualmente não é encontrado abaixo de R$ 2,50. Algumas barracas vendem o pé até por R$ 3,00, uma porcentagem de 200% de aumento em relação ao ano passado. Com os termômetros sempre na casa dos 30º C diariamente, até a queda das temperaturas, os preços devem continuar altos, com os produtos nem sempre com a boa qualidade que o consumidor esperava.
“Está salgado o preço. As verduras nem estão tão bonitas, mas não tem como ficar sem, ainda mais no verão, com todo esse calor. A alimentação tem que ser leve”, comenta a dona de casa, Vera Cecília. Segundo a maioria dos feirante que atuam na cidade, a elevação dos preços se deve a dificuldade para o encontro de vegetais nessa época do ano, na qual quem não paga mais pelas verduras acaba correndo o risco de ficar sem elas.

 

Grupo JDS Comunicação 14/02/2014
Foto: Antonio de Picolli