Todos os Direitos Reservados www.amigosdecambara.com.br 2014

Calor bate recorde histórico e chega a 35,2°C em Curitiba


Temperatura mais alta registrada no Estado foi de 40,3°C em Santa Helena
Arquivo

Curitiba teve nesta quinta-feira (6) a maior temperatura já registrada na história da capital. Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, o calor por volta das 15h30 chegou a 35,2°C, dois décimos acima do recorde anterior registrado em 30 de outubro de 2012 e repetido no final de janeiro deste ano, que era de 35°C. O índice se refere aos dados divulgados pelo Simepar desde 1997.

O calor é resultado da mesma massa de ar que mantém o tempo quente e a baixa umidade relativa do ar, o que implica num aumento da temperatura. Desde o dia 19 de janeiro, a capital do estado tem registrado temperaturas máximas acima dos 31°C, algo nada comum para a capital mais fria do país.

A meteorologista do Simepar Ana Beatriz Porto explicou que durante a tarde a temperatura tende a bater estes recordes nestas condições. "Nós estamos no horário de verão e a maior incidência de radiação ocorre às 13 horas. Em condições de tempo estável como agora a superfície demora cerca de 2h a 3h para chegar ao pico máximo de temperatura".

Segundo o Simepar, a temperatura mais alta registrada no Paraná foi de 40,3°C em Santa Helena. Em Palotina, os termômetros chegaram aos 40,1°C e em Assis Chateaubriand, a máxima foi de 40°C. Pelo Paraná, ainda houve registro de 38,6°C em Cianorte, 38,2 em Paranavaí e 38°C em Umuarama. Em Londrina, a máxima chegou aos 36°C até as 16h30.

Nos próximos dias, segundo a meteorologista, o tempo deve continuar seco e sem previsão de chuvas com mais intensidade, por causa da atuação da massa de ar quente. Com isso, os termômetros devem continuar marcando índices altos em todo o Paraná.

Fonte : bonde 06/02/2014