Todos os Direitos Reservados www.amigosdecambara.com.br 2013

DURANTE PATRULHAMENTO
POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL
APREENDE OITO MIL QUILOS DE CARVÃO VEGETAL IRREGULAR
EM SÃO JERONIMO DA SERRA.

 

Nesta quinta feira, dia 10 de outubro de 2013, por volta das 18hs30min, integrantes da Polícia Militar Ambiental estavam em patrulhamento pela PR 090, na cidade de São Jerônimo da Serra, quando avistaram um caminhão da marca Ford carregado com grande quantidade de Carvão Vegetal e por tratar se de produto com origem vegetal procederam a devida abordagem para verificar a legalidade do veiculo e carga.

Na abordagem a equipe policial acabou identificando que a carga não possuía toda a documentação obrigatória de porte e necessária para ser produzida, transportada e revendida e diante do fato foi realizada a apreensão da carga e do caminhão que foram encaminhados para a cidade de Londrina aonde estão depositados na sede da Segunda Companhia de Policia Militar ambiental.

Os policiais verificaram que os dois homens que estavam no caminhão não portavam o documento de origem florestal - DOF - exigido para todas as atividades envolvendo a exploração de produtos e subprodutos florestais.

Assim os dois homens de 59 e 41 anos de idade que foram abordados no caminhão relataram que teriam toda a documentação na origem da carga, assim o carvão vegetal foi apreendido ate que se realmente comprove a origem correta do produto, pois a comprovação do fato deveria ser no momento da abordagem tendo em vista a obrigação do porte do documento.

Se não for comprovada a existência da documentação obrigatória e esta origem licita o carvão vegetal será doado ao PROVOPAR, e serão extraídas copias dos documentos para o IAP e promotoria de defesa do meio ambiente para que seja verificada a infração administrativa e penal do caso.
O transporte do carvão vegetal também não atendia critérios de segurança da carga e não atendia nenhuma norma para transporte seguro pois é produto de possível combustão espontânea e não havia nenhum dispositivo especial contra incêndios ou o condutor possuía treinamento ou equipamento especifico para diminuir os riscos, o carvão  ainda pode representar risco de saúde para moradores, rios e outros locais de proteção ambiental das regiões  que transitava devido a possíveis emissões de vapores e fuligem tóxica.

Ao todo foram apreendidos cerca de oito mil quilos de carvão vegetal, o proprietário foi submetido a termo circunstanciado de infração penal e o produto irregular foi todo apreendido.

Estas ações de proteção ambiental continuam em toda a região operacional da Segunda Companhia do Batalhão de Policia Militar Ambiental (BPMA), conforme ordem direta de nosso comandante de Tenente Coronel Chehade Elias Geha, relembrando toda a sociedade, que todo cidadão pode ser um defensor da natureza e ajudar no combate aos crimes ambientais denunciando a qualquer hora, em todo o estado do Paraná os crimes ambientais através do telefone (43) 3341-7733 em Londrina e região.

 

 

Capitão PM Ricardo Fardim Eguedis
Comandante da 2ª Cia de Polícia Ambiental