Crime

Homem que matou mulher em linha férrea é adarilho tem 19 anos e é natural da cidade de Cambará

 

Publicado em 03/05/2019 - 22:47 horas  Fonte:  Odair Matias -  Redação: amigosdecambara 

 

mulher cornelio linha ferreo.jpg
mulher morta cornelio maio 2 2019.jpg

Na manhã desta quinta feira (02) o corpo de uma mulher foi encontrado às margens da linha férrea na altura da Avenida Paraíso centro da cidade de Cornélio Procopio Pr. A vítima estava sem roupas e com sinais de agressões e violência sexual.  

A Polícia Civil esteve no local, isolou a área para a análise da perícia. Por enquanto os agentes trabalham com a hipótese da vítima ter sido morta a pedradas.  Segundo informações da Polícia Civil, a vítima foi identificada como Nilda Eliane Carvalho, 48 anos,funcionária pública lotada na prefeitura de Cornélio Procópio.  De acordo com informações oficiais, a vítima trabalhava como zeladora designada para o Tiro de Guerra 05002. 

O autor que prestou depoimento na tarde de sexta feria é natural de Cambará, e já tem passagens por roubo de celulares já teria sido preso em  outras cidades no Estado de São Paulo.

O delegado informou que o elemento foi filmado abordando a vítima nas redondezas de onde aconteceu o crime. O indivíduo deu uma “gravata” da vítima e a arrastou para o interior da linha férrea. Ele confessou que a vítima reagiu e assim, ele a matou a pedradas.

A polícia apurou que Vitor agiu sozinho e não tem residência fixa (andarilho). Na noite da quinta feira ele foi espancado por populares na região do Jardim Bela Vista.